Guardian Saints vence Lions na prorrogação

O Curitiba Guardian Saints bateu o Curitiba Lions, no Complexo Esportivo Brown Spiders, em Curitiba, na tarde deste sábado. O placar foi aberto apenas na prorrogação, após 4 períodos zerados em pontos. Veja abaixo algumas das fotos da partida.

E o 1º quarto já mostrava que seria uma tarde de poucos pontos na capital paranaense. Logo na primeira posse de bola a defesa dos Lions forçou um fumble, recuperando a bola em ótima posição de campo. Mas, com uma tentativa errada de Field Goal, o placar permaneceu zerado. A partir daí cada equipe teve mais uma posse de bola, mas ambas acabaram em punt.

O 2º período foi marcado por duas campanhas longas de ambas as equipes, mas sempre terminando em punt, enquanto a garoa permanecia na partida. Nos últimos segundos antes do intervalo as duas equipes tentaram passes em profundidade – o que gerou uma interceptação para cada defesa.

Na volta do intervalo as duas defesas apareceram ainda mais fortes e os ataques pareciam impressionados com o trabalho dos rivais. O Lions teve 3 drives durante o período – todos resultaram em interceptação da defesa do Guardian Saints. Do outro lado, foram dois drives: um terminou em fumble e o outro em turnover após a tentativa de 4ª descida.

Com o placar ainda zerado as equipes se encaminharam para os últimos 12 minutos, e tanto Guardian Saints quanto os Lions tiveram chances de abrir o placar. Pelos Guardian Saints, pouco antes dos dois minutos finais a equipe teve uma chance de chutar um Field Goal. Mas o snap foi ruim e o chute foi bloqueado. Do outro lado, com pouco mais de 1 minuto no relógio, os Lions também poderiam anotar 3 pontos, mas o chute (de cerca de 20 jardas) foi muito baixo. Desta forma, chegamos à prorrogação (e o sol também apareceu em Curitiba).

Pela regra do campeonato, na prorrogação ambas as equipes têm um drive, iniciado na linha de 25 jardas do campo de ataque. Na primeira oportunidade, o Running Back #29 Manchete correu bem pelo meio da defesa dos Lions anotando o touchdown. Após o chute a equipe abria 7 pontos de vantagem. Na chance dos Lions, a defesa do Guardian Saints apareceu, dando um sack em um dos snaps, e não permitindo que os Lions anotassem o TD. Placar final, Curitiba Lions 00×07 Curitiba Guardian Saints.

O técnico dos Lions, Gabriel Kotawa falou conosco após a partida, e comentou sobre o trabalho do time de especialistas (que poderia ter dado a vitória no chute a um minuto do fim do jogo, das muitas faltas que aconteceram na partida e sobre a continuidade do campeonato: “Special teams é a parte mais importante em um time. Pelo menos uma hora por treino é dedicado a isso, mas ao mesmo tempo essa é a parte mais difícil de ser trabalhada. Sobre as faltas, 90% das que a gente levou vem da ansiedade dos atletas, que é algo que vai ser trabalhado ao longo do tempo. Agora, precisamos ganhar do Moon Howlers, e focar na vitória, sempre”.

Pelo lado do Guardian Saints, conversamos com o técnico Felipe Romanel, que falou sobre como aumentam as expectativas da equipe para o campeonato após a vitória: “O maior objetivo era vencer essa partida, pois sabíamos que se perdêssemos seria muito difícil a classificação. Agora precisamos olhar para o Moon Howlers, mas queremos chegas mais longe. Nosso objetivo maior é a Copa Sul, mas se chegarmos nos playoffs do estadual seria nosso melhor resultado da história – e estamos animados pra isso”.

(Fotos: Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

Veja abaixo o outro resultado da rodada:

Palotina Celtics 00×31 Francisco Beltrão Red Feet

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s