Crocodiles estréia na BFA neste sábado, após ficar fora do Paraná Bowl

O Coritiba Crocodiles, um dos times mais tradicionais do futebol americano brasileiro, vem sofrendo com alguns duros golpes desde o ano passado. Primeiro, perdeu a final do Campeonato Paranaense 2016 para o Paraná HP. Depois, no mesmo ano, foi eliminado do brasileiro para o Timbó Rex. Já em 2017, perdeu para o Brown Spiders FA na semifinal e ficou de fora da decisão do campeonato estadual. Agora a equipe promete algumas mudanças para começar o 2º semestre com foco total na BFA, principal competição do esporte no país.

DSCF6216

Para Fernando Alves, linebacker e coordenador defensivo do Croco, a eliminação contra o Brown Spiders foi muito sentida pelo time: “Sinceramente, não esperávamos, até pelo que havíamos feito na primeira partida, durante a fase regular”. Vale lembrar que o time venceu o BS por 36×00 (clique aqui pra relembrar da partida). “Quando fomos eliminados, olhamos muito os vídeos, tanto para melhorar a parte técnica quanto a parte mental. Após isso, tentamos resgatar nos últimos dias algumas das rotinas que tínhamos e que eram produtivas pra gente, principalmente sobre a preparação para as partidas”.

DSCF6185Com apenas um touchdown durante todo o jogo contra o BS, além de ver seu ataque parar duas vezes na redzone (veja mais detalhes de como foi a semifinal aqui), o coordenador defensivo acredita também que o QB Drew Banks precisa ter mais ajuda ao chamar as jogadas ofensivas: “decidimos dar mais auxílio ao Drew na sideline, já que ele vinha fazendo um papel de quarterback e playcaller. Consideramos que isso era uma sobrecarga pra ele, então agora teremos alguém de fora para auxiliar na tomada de decisão das jogadas de ataque”.

Com o campeonato paranaense ficando no passado, a equipe entra agora na principal competição do esporte em nível nacional, a BFA (Brasil Futebol Americano). Fernando comentou um pouco sobre a competição: “a liga conseguiu uma guinada na organização e estou satisfeito com o que o campeonato tem mostrado. Além disso, a parte de comunicação, identidade visual e regulamento estão bem interessantes”.

Neste fim de semana o Croco vai até Santa Catarina enfrentar o São José Istepôs, na partida que abre a conferência Sul da competição. Além de comentar sobre como o Croco está mentalmente, Fernando falou também sobre o adversário: “Estamos num clima bom. Sempre nos reinventamos, foi assim com o Cuiabá Arsenal em 2012, quando perdemos o brasileiro, por exemplo. E os resultados negativos recentes fizeram com que o time se unisse mais, fizeram com que os jogadores pensem: ‘precisamos fazer isso juntos’.”.

“O Istepôs é um time duro, difícil, que recebeu alguns reforços de volta… mas temos nossos planos e estamos preparados para um jogo duríssimo”, concluiu Alves.

Istepôs e Crocodiles se enfrentam neste sábado, 8 de julho, em Santa Catarina, pela primeira rodada da BFA. A partida, que tem o kickoff programado para as 14h, ocorrerá no Colégio Forquilhão (Rua Oswaldo Cruz, Picadas do Norte – São José). Os ingressos custarão R$10,00.

(Fotos: Vinícius Basso / Futebol Americano Paranaense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s