Sob chuva e com ótimo jogo terrestre, Crocodiles vence Juventude sem dificuldade

O Coritiba Crocodiles venceu, em casa, o Juventude Futebol Americano por 47 a 00 na tarde deste sábado, na 3ª partida realizada pela equipe na Conferência Sul da BFA. O grande destaque do jogo foi o RB #21 Lucas Mullet, que anotou três touchdowns, além da defesa do Croco que forçou diversos turnovers do Juventude.

A primeira jogada da partida parece ter acendido a motivação que faltava ao Crocodiles. No retorno do kickoff o WR #81 Pozzi retornou muito bem e foi parado apenas na linha de 12 jardas do campo de ataque. Após duas corridas, o RB #21 Lucas Mullet garantiu o touchdown, com pouco mais de um minuto jogado na partida. O extra point não foi bom, o que deixava o placar em 06 a 00.

Na campanha seguinte do Juventude, a defesa do Croco começou a mostrar sua força. Um 3 and out muito rápido, que forçou uma 4ª para 24 jardas (com o snap saindo na linha de uma jarda). O punt não foi longe e os donos da casa já pegaram a bola na linha de 25 do campo de ataque. Novamente, duas corridas do Mullet valeram mais 6 pontos para o Coritiba. O XP não foi convertido, e o placar seria mantido em 12 a 00.

Na campanha do Juventude, novamente o ataque não rendeu nada. Desta vez foi um fumble, recuperado pelo #40 Cursino. Porém o Croco não conseguiu capitalizar o turnover, chutando um Field Goal de cerca de 22 jardas para fora.

No 2ª quarto, a equipe gaúcha teve a chance de pontuar. Após um bom retorno o time de especialistas deixou o ataque na linha de 12 jardas. Porém a defesa curitibana apareceu novamente, forçando uma tentativa de FG, que foi pra fora. Antes do intervalo daria tempo para mais uma pontuação dos donos da casa. Em uma campanha de bons passes do QB #2 Drew Banks, novamente o RB #21 Lucas Mullet garantiu o touchdown através de corrida. O extra point desta vez foi bom e o placar ficava em 19 a 00 antes do intervalo.

No 2º tempo o jogo do Juventude foi por água abaixo. O Croco forçou um fumble logo nos primeiros minutos e, desta vez, capitalizou da melhor forma possível: touchdown do RB #35 Uydinely. O XP foi convertido, desta vez pelo #89 Adan Rodriguez, WR improvisado como K na partida. Na campanha seguinte, mais um fumble recuperado pelo Croco, deixando o ataque na linha de 5 jardas. Aí, o RB #24 Fogaça não perdoou e anotou o touchdown. O XP novamente foi convertido pelo #89 Adan, levando o placar para 33 a 00.

Nas duas campanhas seguintes do Juventude, mais dois fumbles (!) recuperados pela defesa do Coritiba, já no último período do jogo. Em uma a tentativa de FG não foi convertida, após um snap ruim. Na outra, a equipe garantiu o TD, em bela conexão do QB #28 Colantuono para o #10 Gutz. O XP desta vez foi cobrado pelo #7 Rebello, e foi convertido. O placar era de 40 a 00 até aqui.

Já dentro do two-minute warning o Crocodiles chegou a mais uma pontuação. Belo passe em movimento do Colantuono, novamente encontrando o Gutz, numa conexão de 36 jardas para o touchdown. O XP foi convertido pelo #7 Rebello, que dava números finais ao placar: Coritiba Crocodiles 47 a 00 Juventude FA.

Ao final do jogo, conversamos com Vinícius Pacheco, WR e head coach do Juventude, que fez seus comentários sobre a atuação da equipe:  “a viagem é muito desgastante, são 12 horas dentro do ônibus e esse pode ser um dos fatores que fez a gente demorar pra entrar na partida. Mas eu acredito que o principal determinante foi nós estarmos tentando colocar um sistema de jogo novo e as perdas fundamentais que tivemos na OL, com pouco prazo pra preparam backups”.

Conversamos também com o destaque da partida, Lucas Mullet, que falou sobre os três TDs anotados: “nossa linha jogou muito bem, fazendo os bloqueios certos. Então, correr ficou mais fácil desta forma. Quando começamos o jogo já com um retorno forte, isso já dá uma motivada no time. Depois foi só continuar com essa motivação e deu tudo certo pra gente”.

Pela defesa impenetrável desta tarde do Croco, o Safety #31 Cesar Hey também comentou sobre a bela atuação: “o que nos favoreceu muito foi o ataque unidimensional deles. A gente estudou a equipe deles e se preparou pra isso. Foi o nosso bom preparo que conseguiu parar o jogo deles, pois eles estavam sempre alinhando com a mesma forma”.

O Crocodiles volta ao campo no dia 2 de setembro, quando será visitante e enfrentará o Brown Spiders Futebol Americano.

Veja abaixo os responsáveis pelas pontuações do jogo:

Coritiba Crocodiles:
#21 Lucas Mullet (RB): 3 corridas para touchdown;
#28 Colantuono (QB): 2 passes para touchdown;
#10 Gutz (WR): 2 recepções para touchdown;
#35 Uydinely (RB): 1 corrida para touchdown;
#24 Fogaça (RB): 1 corrida para touchdown;
#89 Adan Rodriguez (K): 2 extra points convertidos;
#7 Rebello (K): 2 extra points convertidos.
#13 Brandon (K): 1 extra point convertido.

(Fotos: Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s