Coritiba Crocodiles tropeça no fim e perde para Sada Cruzeiro, dando adeus à BFA

O Coritiba Crocodiles perdeu por 17 a 10 para o Sada Cruzeiro, no estádio Couto Pereira, na tarde deste sábado em Curitiba. Os paranaenses passaram grande parte do jogo na liderança, mas viram a vantagem acabar nos últimos minutos da partida. O Croco encerra a sua participação na BFA (Brasil Futebol Americano), principal competição do esporte no País, entre as quatro melhores equipes, enquanto o Sada garantiu a vaga para a final.

Antes do jogo começar, as duas equipes receberam oficialmente os troféus de campeãs de suas respectivas conferências: sudeste, com o Sada Cruzeiro e Sul, com o Coritiba Crocodiles.

Logo na primeira campanha o Croco iniciou com bastante ousadia, arriscando um onside kick e sendo bem-sucedido. O ataque avançou bem, mas o field goal de 34 jardas não foi convertido pelo kicker #7 Rebello. Antes do primeiro quarto acabar, deu tempo para os mineiros também desperdiçarem um FG, de 40 jardas.

Logo no início do 2º quarto os donos da casa chegaram à pontuação. Numa 4ª para meia jarda, o defensive end, que também é punter, #98 Delmer Zoschke se posicionou para chutar, mas aplicou uma trick play, se livrando de três tackles e correndo para renovar as descidas do Croco. A jogada terminou com uma falta de violência desnecessária da defesa do sada.

Aí, no snap seguinte, o quarterback #2 Drew Banks encontrou o experiente wide receiver #89 Adan Rodriguez, que foi no segundo andar para garantir o touchdown. O extra point convertido pelo Rebello colocava 7 a 0 no placar. Antes do jogo chegar ao intervalo o Croco bloqueou a tentativa de punt do Sada, conquistando uma boa posição de campo, com 5 segundos no relógio. Mas, o FG de 43 jardas foi bloquado.

Na volta do intervalo as duas primeiras campanhas terminaram em punt. Na posse seguinte o Coritiba teve boas corridas, com o running back #21 Lucas Mullet e o fullback #32 Alexandre, mas parou na linha de 30 jardas. Aí, o K #7 Rebello tentou novo FG, desta vez de 48 jardas, e converteu, deixando 10 a 00 no placar.

Já no último quarto os cruzeirenses mostravam que ainda poderiam encostar no jogo. Após uma bela recepção do #11 Sagat, a equipe se viu em uma 1st and goal, na linha de 1 jarda. A defesa dos donos da casa apareceu e forçou que o ataque se contentasse com os três pontos, com o FG do K Charlston Charles.

Já no two-minute warning os visitantes empataram o placar, em um QB Sneak do #9 Alvaro Fadini. O XP convertido deixava o jogo em 10 a 10, com pouco mais de um minuto no relógio. Mas, aí veio o turnover fundamental da partida. O QB do Croco optou pela corrida para conquistar algumas jardas. Mas Drew sofreu um fumble e a recuperação dos cruzeirenses teve caminho aberto até a endzone. O TD foi anotado pelo #8 Rodolfo Santos.

Com ainda 30 segundos restando o Coritiba tentou uma nova campanha, mas o QB sofreu novo fumble, que encerrava a partida. Placar final, Coritiba Crocodiles 10 a 17 Sada Cruzeiro.

Conversamos com o WR #11 Sagat, do Sada Cruzeiro, que teve duas recepções lindas na partida, sendo que uma delas abriu o caminho para a primeira pontuação da equipe. “Em todos os nossos treinos a gente fazia scout do Coritiba”, revelou o WR. “E, em nossos treinos, ganhávamos deles. Hoje, tivemos muitas dificuldades, mas nunca deixamos de acreditar. Sabemos do esforço e sacrifício que nossos jogadores fazem. No fim das contas, conseguimos a vitória, de maneira muito emocionante”.

Do outro lado, o experiente WR #89 Adan Rodriguez “Ocho Nueve” avaliou a atuação do Crocodiles. “Nos preparamos muito para essa partida. Foram três semanas muito intensas. Sabíamos que a equipe deles era muito forte, até por terem sido campeões do sudeste de maneira invicta. De qualquer forma, vejo que fizemos uma boa batalha e devemos sair de cabeça erguida. Estávamos com 10 a 00 até a metade do último período, mas o mérito é deles que conseguiram encaixar bem o ataque no final da partida”.

Agora o Coritiba Crocodiles deve mirar a temporada de 2018, uma vez que não disputa mais nenhuma competição oficial neste ano, finalizado entre os quatro melhores times do Brasil. Do outro lado, o Sada espera o vencedor de Cuiabá Arsenal e João Pessoa Espectros para a disputa do Brasil Bowl 2017.

Veja abaixo os responsáveis pelas pontuações do jogo:

Coritiba Crocodiles:
#2 Drew Banks (QB): um passe para touchdown;
#89 Adan Rodriguez (WR): uma recepção para touchdown;
#7 Leonardo Rebello (K): um field goal convertido; um extra point convertido.

Sada Cruzeiro:
#9 Alvaro Fadino (QB): uma corrida para touchdown;
#8 Rodolfo Santos: um fumble recuperado e retornado para touchdown;
Charlston Charles (K): um field goal convertido; dois extra points convertidos.

(Fotos: Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s