Red Feet vence DarkWolves e chega à final da Copa Fronteira

O Francisco Beltrão Red Feet venceu o Guarapuava DarkWolves por 25 a 02 em casa, na tarde deste sábado, 18 de novembro, no estádio Arrudão, em Francisco Beltrão. Os donos da casa seguem invictos na Copa Fronteira, com três vitórias. Já a equipe de Guarapuava encerra a participação em competições oficiais neste ano, que foi o primeiro da história da equipe.

darkwolves - red feet

Para a partida os donos da casa não contavam com vários jogadores titulares, afastados por conta de lesão, nas posições de OL, DL, running backs, punter e wide receivers. Além deles, o habilidoso quarterback Maozinha também estava fora. Seu substituto imediato, que é um dos melhores kickers do estado, Igor Fieira, também não pôde jogar, por problemas no joelho. O time, então, optou pelo RB #12 Munir para comandar o ataque.

E, já no primeiro período, Munir mostrou que também tem habilidade lançando a bola. Em duas campanhas nas quais o ataque andou muito bem no campo, o atleta encontrou o WR #83 M. Santolin para anotar os dois primeiros touchdowns do jogo. Apenas o primeiro extra point foi convertido pelo kicker substituto #75 Marcos, deixando o placar em 13 a 00.

No segundo período, mais um jogador improvisado conseguiu chegar à pontuação: originalmente safety, o #26 Mateus Brasilino jogou como RB, e anotou seu TD em boa corrida. Novamente o XP não foi convertido e o placar ficava em 19 a 00 quando chegávamos ao intervalo.

Após um terceiro período sem pontuações o time de Guarapuava tirou o zero do placar nos 12 minutos finais: a equipe bloqueou um punt, que saiu pela endzone, garantindo o safety. Mas, antes do jogo acabar os donos da casa conquistaram novo touchdown, em mais um passe do Munir, desta vez para Brasilino, que cruzou o plano de goal com o cronômetro zerado, não tendo tempo para o extra point.

Placar final, Francisco Beltrão Red Feet 25 a 02 Guarapuava DarkWolves.

O resultado deixa o DarkWolves com quatro derrotas em quatro partidas, dando adeus à competição, que foi a primeira da história da equipe. Enquanto isso o Red Feet lidera a Copa Fronteira, com três vitórias em três partidas. Os organizadores do campeonato ainda estudam a necessidade da última partida da fase regular, que seria entre Red Feet e São Miguel Indians, segundo colocado. As equipes se enfrentariam novamente na final de qualquer forma, por isso, a última partida da temporada regular ainda não está confirmada.

Conversamos com Munir sobre os três touchdowns anotados em seu jogo como QB. “Foi uma experiência totalmente diferente e desafiadora jogar como QB”, disse. “Tive duas semanas de preparação, treinando a noite durante a semana e dois treinos coletivos. Foi pouquíssimo tempo para me preparar para jogar nessa posição que é tão diferente de todas que eu já havia atuado. Mas, no jogo, em nosso primeiro drive já consegui conectar alguns passes e acabamos pontuando, isso ajudou bastante a baixar a tensão”.

Veja abaixo os responsáveis pelas pontuações do jogo:

Francisco Beltrão Red Feet:
#12 Munir (QB): três passes para touchdown;
#83 M. Santolin (WR): duas recepções para touchdown;
#26 Mateus Brasilino (RB): uma corrida para touchdown; uma recepção para touchdown;
#75 Marcos (K): um extra point convertido.

Foto: Neimar Ruthes | Divulgação Facebook / Francisco Beltrão Red Feet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s