Carlos Copi, do Paraná HP, fará palestra no Congresso Brasileiro de FA

O segundo Congresso Brasileiro de Futebol Americano será realizado nos dias 27 e 28 de janeiro, em São Paulo/SP. E o head coach do Paraná HP, Carlos Copi, foi chamado pela segunda vez para ser um dos palestrantes do evento. O comandante da equipe curitibana falará sobre a implantação do sistema up tempo para os ataques, metodologia implantada no time por ele, neste ano.

IMG_7415-2

Segundo o site, o congresso tem o objetivo de oferecer aos treinadores de futebol americano a oportunidade de participarem de um evento onde estarão presentes, tanto pessoas da área acadêmica, quanto treinadores brasileiros e gestores do esporte. E, para Copi, esse é um momento especial na sua carreira: “Me sinto muito honrado em ser chamado pelo segundo ano consecutivo. O Congresso Brasileiro de FA representa um passo gigantesco em direção ao aumento do nível e qualidade do FA que apresentamos aqui no Brasil. E ser chamado novamente representa ser posto dentre os mentores do esporte na atualidade. Não tem como me sentir mais honrado que isto.”

Após ter falado de temas defensivos na primeira edição, o tema da palestra de Copi será sobre a implementação do “up tempo” nos ataques. Esse sistema aposta num ataque mais rápido, sem o huddle antes das jogadas, dando pouco tempo para a defesa se preparar ou realizar  trocas. “Ano passado o tema da minha palestra foi ‘Protocolos de Leitura Pós-snap para linebackers’; esse ano será algo mais amplo e voltado ao outro lado do jogo. Ataques comprometidos com o up tempo surgiram ao final dos anos 80 nos EUA (juntamente com a revolução do jogo aéreo por lá). É uma característica presente na maioria dos grandes ataques do College Football, pois transforma ataques simples e efetivos em unidades muito mais perigosas e complexas.”

DSCF7127-2Copi continua, explicando sobre como esse estilo de jogo pode ser eficaz: “O up tempo é comumente considerado a saída alternativa para equipes que não possuem tempo ou a qualidade de elenco que equipes de calibre NFL dispõem para implementação daqueles complexos sistemas ofensivos. Como ser simples aos seus olhos e complexo aos olhos da defesa? Up Tempo é a resposta. Foi a resposta durante a evolução do FA nos EUA e será a resposta do FA no Brasil também”, disse.

Segundo o site do evento, o congresso visa, ainda, aumentar a quantidade de informação disponível entre os treinadores e propor um espaço de debate e reflexão quanto às praticas existentes hoje, expondo boas maneiras de treino e reforçando conceitos fundamentais sobre treinamento e obtenção de resultados.

E, Copi tem muito a compartilhar após este primeiro ano do novo ataque no HP. Em 12 partidas, foram nove vitórias e 247 pontos anotados. “Foi um processo muito difícil. Mudar a cultura interna da equipe para implementar esse estilo de jogo já é, por si só, um grande desafio; mas os maiores entraves estão fora da equipe”, disse Copi.

“A equipe de staff dos jogos e arbitragem ainda não sabem lidar com essa demanda por agilidade. Quanto a isso, cito o desempenho e evolução exemplar da arbitragem paranaense que soube compreender essa necessidade de evolução e foi atrás de especialização para atender à esse novo quadro. Porém, algumas equipes adversárias também usam de métodos anti-desportistas para atrasar o jogo (desde instruir staff a retardar o jogo até atletas simulando lesões). Mas creio que a disseminação desse estilo é algo inevitável e com ela enriqueceremos muito nosso FABR”, finalizou o head coach.

DSCF7132-2O congresso acontece nos dias 27 e 28 de janeiro, em São Paulo/SP. As demais palestras  terão os seguintes temas e palestrantes:

Os demais temas do 2º Congresso serão:

  • A importância do Professor – Profº Dr. Luciano Basso (USP)
  • Playcalling –Coach  Kevin Veloso ( João Pessoa Espectros)
  • Mudança de Cultura – Coach Lucas Cisneiros ( São Paulo Storm)
  • Zone Blocking – Coach Ítalo Mingoni ( Wise Sports)
  • Concussão e seus impactos – Coach Gustavo Petter ( Santa Maria Soldiers)
  • Construindo um programa de alto nível– Coach Bruno Barandas ( Patriotas)
  • Sistema Defensivo de Baylor – Coach Alexandre Ribeiro ( Minas Locomotiva)

(Fotos: Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s