Head coach da Seleção Paranaense sub-19 comenta sobre título da equipe

Um dos grandes responsáveis pelo crescimento do trabalho com as categorias de base do futebol americano do estado, Adan Rodriguez assumiu o comando técnico da Seleção Paranaense sub-19 para o torneio da categoria e trouxe o título nacional para o Paraná. E, segundo o head coach, essa é a consagração de um trabalho muito bem feito e que tem muita importância para o futuro do esporte no estado.

coach adan

Adan Rodriguez é um dos grandes entusiastas no trabalho com jovens atletas de futebol americano no Paraná. Pouco depois da modalidade começar a crescer, ainda no início desta década, Adan começou a incentivar o trabalho com as categorias de base de sua equipe, o Coritiba Crocodiles. E, no último domingo, com a função de head coach da seleção paranaense sub-19, garantiu o título do torneio da categoria, vencendo a seleção mineira numa partida emocionante.

Para o head coach, o troféu é motivo de muita alegria: “Pra mim, é muita felicidade. Eu comecei o trabalho com o sub-19 ainda em 2010 com a escolinha e, depois, com o projeto no Crocodiles. Além disso, estou desde 2012 comandando o sub-19 na Federação. Então, sim, [o título] consagra o trabalho de tempos e fecha de maneira muito bem sucedida o ciclo de 2018”, disse Adan.

coach adan2Adan continuou, falando da importância do incentivo de torneios desta categoria para a manutenção do esporte no país: “Quanto mais cedo você coloca os meninos neste tipo de competição, mais cedo vem o amadurecimento, tanto no esporte quanto na vida. Então, isso faz muito bem pra eles. É fundamental que existam torneios neste nível. A base é muito importante, é o futuro do esporte, e vejo que alguns times não dão o devido valor a isso. Creio que eles sentirão falta disso daqui algum tempo”.

O wide receiver do Coritiba Crocodiles revelou ainda que no segundo semestre teremos um torneio sub-19 de equipes de futebol americano, num formato bastante parecido com o que tivemos no ano passado, quando participaram a base do Timbó Rex (de Santa Catarina), o Rio Football Academy (do Rio de Janeiro) e o próprio Croco. Neste ano, a proposta seria aumentar a quantidade de equipes no torneio para, possivelmente, seis times. Ainda não é possível confirmar a data ou quais serão os participantes da competição.

(Fotos: Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s