Vencedor do prêmio de MVP de Ataque, Athos Daniel Jr. fala que 2018 foi um ano de muito aprendizado

Um dos jogadores mais impactantes de 2018 no esporte paranaense foi o Athos Daniel Jr., wide receiver do Coritiba Crocodiles. Mostrando uma química impressionante com o então quarterback da equipe, Drew Banks, o recebedor liderou o time em recepções para touchdown, com 13, ficando ainda em 2º na BFA no mesmo quesito, com 8 TDs (segundo dados do FABR Network). Jogando neste alto nível, fica fácil entender os motivos do atleta ter faturado o MVP de Ataque do Helmet de Prata, premiação realizada por nós, do FAparanaense e nossos parceiros do Caçadores de jardas. E nós conversamos com o atleta, que nos contou um pouco sobre a sensação de receber o prêmio.

athos daniel jr mvp pr (2)

Saiba mais: clique aqui e confira todos os vencedores do prêmio Helmet de Prata.

Vindo de uma temporada muito boa em 2017, ainda com o Brown Spiders, Athos chegou ao Croco em 2018 com sede de título e de ir longe na Brasil Futebol Americano (BFA), principal competição do esporte no País. E, no primeiro semestre, o atleta ajudou a equipe a conquistar o campeonato paranaense, após o troféu ter ido nos dois anos antes para as mãos do Paraná HP. Já nos últimos meses do ano, disputou a final da conferência sul contra o Timbó Rex, em Santa Catarina, saindo derrotado por apenas um ponto.

masc_ mvp ataque_ resultado-01Para ele, o aprendizado que obteve com os demais atletas da equipe foi fundamental para seu desempenho: “Já vinha de alguns anos jogando bem, mas eu devo a minha evolução desse ano aos ensinamentos do Drew Banks. Desde que cheguei no Croco tinha o objetivo de aprender o máximo possível e fiz isso com o Adan, o Pozzi, o Ivan e outros grandes atletas. Mas, quem fez toda a diferença foi o Drew, pois ele me corrigiu em cada detalhe, dentro e fora de campo, com estudos e teoria do jogo. Além disso, ele acreditou no meu potencial e, com toda a certeza, isso foi o que me fez evoluir bastante em 2018”.

Athos continuou sua avaliação, falando sobre a temporada e destacando o prêmio Helmet de Prata. “Foi a minha melhor temporada de todas, consegui marcar touchdowns em todos os jogos e entrava em campo sabendo o que teria que fazer em casa situação de jogo, sabendo como me portar caso alguma coisa fosse mudada. Além disso, fiquei realmente muito feliz com o prêmio Helmet de Prata, sendo MVP do ataque. Ser escolhido entre os melhores, com tanta gente ótima, foi um reconhecimento que realmente valeu a pena, para terminar a temporada melhor ainda”.

athos daniel jr mvp pr (1)E engana-se quem pensa que para por aí. Quando olha para 2019, o wide receiver do Croco busca uma evolução ainda maior, já desde as primeiras partidas. “2018 foi um ano que aprendi muito e só no final da temporada consegui colocar tudo dentro de campo. Então acho que 2019 pode ser melhor ainda, sabendo que vou colocar em prática desde o primeiro jogo do ano, tem tudo pra ser melhor que a temporada passada ”, conclui o MVP de ataque da temporada.

(Fotos: Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s