Brown Spiders Football School: trabalho de excelência na base traz bons frutos

Que o trabalho com os jovens atletas é fundamental para a continuidade do futebol americano no País todo mundo já sabe – ou, ao menos, deveria saber. E uma das equipes mais tradicionais do esporte no Brasil, o Brown Spiders FA, faz um trabalho bem elaborado de desenvolvimento de sua categoria sub20, que hoje conta com mais de 70 participantes e promete ser o futuro da equipe. Nós conversamos com Vinícius Anhucci, Diretor Geral da Brown Spiders Football School (BSFS), que nos contou como esse trabalho é feito.

brown spiders football school 03

O trabalho de Anhucci à frente da School (nome como é conhecida a base do BS) começou em 2017. “Eu sempre admirei a metodologia de High School e College dos USA”, disse Vinícius. “Em 2017 tive a oportunidade de reestruturar a base do BS, mudando seu nome de ‘Desenvolvimento’ para ‘Escola de futebol americano’. Os meninos compraram a ideia e toparam acreditar neste processo”.

Para o quarterback e wide receiver do Brown Spiders, que também é membro da comissão técnica da seleção paranaense sub20 de futebol americano, na qual atua como coordenador ofensivo, a formação dessa escola tem o objetivo de dar a oportunidade que ele não teve para entrada no esporte: “Senti a carência de formar atletas completos, uma oportunidade que eu não tive. Desde o começo eles treinam em todas as posições, independentemente do biotipo, para que no futuro tenham noção da amplitude do FA”.

Dentro do trabalho, existem quatro categorias: freshman, sophomore, junior e senior, seguindo a nomenclatura dos esportes americanos, inspiração de Anhucci. Ficando seis meses em cada etapa, os atletas recebem conhecimentos específicos, sendo introduzidos ao esporte gradativamente. A cada tryout, uma nova classe de freshmans é formada.

O Diretor da BSFS, que também é professor de educação física, nos explicou ainda um pouco mais sobre o funcionamento de cada categoria: “Na etapa Freshman eles tem uma adaptação física para a modalidade e todos os fundamentos básicos. Como Sophomore eles aprimoram a técnica e começam a treinar Flag para sentir a modalidade. Na etapa Junior eles estão totalmente equipados e são apresentados a parte tática e de conceitos. Nesse momento eles também escolhem o lado da bola (ataque ou defesa) e começam a estudar muito sobre a unidade que querem se especializar. Como Senior eles vão se especializar e começam a treinar full time com a equipe principal. Devidamente identificados como alunos, obviamente”.

vinicius anhucci 01

Trabalhando atualmente com mais de 70 jovens, é difícil imaginar que Anhucci fizesse todas as ações sozinho – hoje, ele conta com mais seis professores. Mas, no começo, apenas ele tomou a frente do projeto: “Em 2017 eu era o único treinador e toquei o projeto com as duas primeiras classes. Pra isso, busquei nos conteúdos da IFAF para o ensino-aprendizagem e fiz alguns cursos para lapidar melhor a parte pedagógica. Já em 2018 abri uma seletiva para professores e aprovei os então Coaches da BSFS que fazem um excelente trabalho dentro e fora do campo com os meninos. Hoje o programa se move praticamente sozinho e contamos com seis professores, sendo eu, Waldir Martins, Fábio Marques, Leandro Cabral, Luan Tuleski e Lucas Wenceslau. A BSFS se preocupa com a educação dos meninos, com suas vidas pessoais e com a sua construção de atleta. É importante entender o papel de cada um deles na nossa sociedade e comunidade”.

brown spiders football school 05 - senior bowl

Como o programa tem uma duração total de dois anos, ao final de 2018 foi realizada a formatura da primeira classe do BSFS. Para Vinícius, foi um momento marcante: “Foi um evento muito bacana, em um salão, com familiares e amigos, onde fizemos a colação de grau deles. Pra finalizar tivemos o I Senior Bowl, no Complexo Esportivo Brown Spiders, quando eles puderam mostrar pra toda a família e comunidade Brown Spiders o que tiveram nestes 2 anos. Foi um jogo muito pegado e os meninos não estavam para brincadeira. Tivemos a certeza de que nosso trabalho estava não só fazendo efeito, mas que atingimos um novo patamar”.

O evento contou ainda com um fechamento com chave de ouro: “Para encerrar os meninos foram à frente de toda as famílias e comunidade para discursar sobre o significado de tudo para eles. Devo confessar que não teve um coach sem cisco no olho. Chamamos esse momento de ‘Senior Tackle’, uma tradição em Ohio State que ficamos felizes de trazer para cá. Eles então, ao final, escolhiam uma pessoa importante na trajetória para dar seu último tackle como aluno da BSFS, marcando o final deste capítulo para eles”, contou o Diretor.

brown spiders football school 04

Ao lado de Vinícius Anhucci, Anderson Candioto também comanda as ações da BSFS e faz desse sonho uma realidade. Olhando para o futuro, Anhucci finaliza, falando sobre os planos da escola neste ano: “De 2018 para 2019 fizemos a transição para sub20 e vamos trabalhar com esta faixa etária (que hoje movimenta muito o FA nacional) em dois projetos: BSFS Flag e BSFS sub20 Fullpads. São três momentos distintos de treinos, mas estamos visando as competições de 2019 para testar nosso potencial”.

Com um trabalho bem estruturado como este, não fica difícil acreditar no futuro do esporte no País. E você fica sabendo de tudo sobre a evolução destes atletas aqui, no FAparanaense.

(Fotos: Divulgação Cortesia / Arquivo Vinícius Anhucci | Fotógrafo Vinícius Basso / Equipe Futebol Americano Paranaense)

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s