De olho nos playoffs, Black Sharks recebe Red Feet em Foz neste domingo

O Foz do Iguaçu Black Sharks (1-0) recebe hoje o Francisco Beltrão Red Feet (0-1), pela segunda rodada da Divisão Oeste do Campeonato Paranaense de Futebol Americano. Se pelo Black Sharks a vitória praticamente carimba a vaga da equipe nos playoffs da competição, do outro apenas a vitória interessa para manter as chances de classificação vivas, uma vez que o Red Feet perdeu a primeira partida.

pre jogo 01

Na estreia, o Red Feet perdeu para o São Miguel Indians por 19 a 6 (como você viu aqui, no FA Paranaense) e, uma nova derrota agora, significa a eliminação das chances de seguir vivo na competição. Para Marcos Staskoviak, Diretor de Marketing da equipe, esse tipo de pressão faz parte do esporte: “Perder para os Indians nos obriga a vencer os próximos dois jogos. Aumenta a pressão mas o esporte é assim”.

Marcos falou também sobre a preparação feita pelo time entre as duas partidas: “Estudamos o jogo e tentamos corrigir os erros que possam nos impedir de vencer os próximos jogos (posicionamento, rotas, mecânica de passes…), afinal Sharks e Olympians são outros times. Procuramos trabalhar o psicológico dos atletas, principalmente os novatos que não tem o costume de participar de uma competição. O excesso de chuva e alguns problemas pessoais não ajudaram mas demonstraram um grupo unido e com potencial”.

Do outro lado, o Sharks venceu o Cascavel Olympians por 13 a 6 (como você viu aqui, no FA Paranaense) e uma segunda vitória praticamente garante a passagem para os playoffs. “Temos total conhecimento que uma vitória nos classifica para os playoffs”, disse Emerson “Digão” Alves, coordenador defensivo da equipe. “Então, vamos trabalhar em cima disso e motivar o time. O objetivo é garantir a nossa vaga já nessa partida. Até por que a gente sabe que jogar contra o São Miguel Indians, fora de casa, será muito difícil”.

No ano passado, as duas equipes já se enfrentaram, com vitória do Red Feet por 3 a 0, num dia de bastante chuva em Francisco Beltrão. A vitória praticamente garantiu a equipe de F. Beltrão nos playoffs naquela oportunidade. Para Digão, isso não poderá se repetir nesse ano: “Ano passado foi um jogo definido em detalhes. Eles tem um dos melhores kickers do Paraná, o Igor, que chuta muito bem e definiu o jogo. Mas, nesse ano, jogaremos em casa e como na primeira fase é nossa única partida em Foz, tentaremos dominar o jogo desde o início e buscaremos manter nosso ataque em campo”.

Black Sharks e Red Feet entram em campo neste domingo, 24 de março, a partir das 9h30, no Campo da Associação AKLP. A entrada é franca.

(Foto: Divulgação Facebook / Foz do Iguaçu Black Sharks)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s