Mariele Ramos fala sobre primeiro passe para touchdown da sua carreira

A quarterback do Cold Killers FA, #7 Mariele Ramos, lançou seu primeiro passe para touchdown da carreira na última partida, vencida pela sua equipe, contra o Curitiba Lions Feminino. E nós conversamos com a atleta, que nos falou sobre essa importante conquista e também sobre o desempenho da equipe como um todo, que foi dominante desde o primeiro minuto, tanto na defesa quanto no ataque.

Mariele Ramos 06

Apesar de ter obtido um jogo corrido incrível (250 das 380 jardas ofensivas da equipe), o jogo aéreo também foi fundamental para o avanço da equipe em campo. Além disso, a unidade comandada pela quarterback #7 Mariele Ramos anotou dois passes para touchdown, um no meio da defesa e outro na lateral, numa bola muito bonita, que chegou leve nas mãos da recebedora, já dentro da end zone.

Relembre aqui como foi a partida entre Cold Killers e Lions Feminino.

Para a QB, a sensação deste momento foi única: “Depois dois anos e alguns meses no esporte, foi meu primeiro passe para dentro da end zone e fui feliz podendo repeti-lo na partida. A sensação é de gratidão. Gratidão por cada pessoa que passou durante esta minha trajetória e acrescentou um pouco de conhecimento; pela minha linha ofensiva maravilhosa me concedeu um pocket muito bom e fez com que eu terminasse a partida sem ser sacada; e por todas minhas colegas de equipe que acreditam no meu potencial e jamais me deixam desistir”.

Mariele Ramos 04Mariele avaliou ainda o desempenho do time na partida: “O jogo num geral foi muito bom. O time estava numa boa sintonia onde ataque e defesa faziam boas campanhas. A defesa fez um trabalho incrível mantendo o placar zerado até o apito final e o ataque, mesmo com algumas falhas de leitura e alguns drops que já estão sendo ajustados para o próximo jogo, não deixou a desejar. Pontuamos bem e tenho certeza que realizamos uma linda partida”.

Reveja aqui as estatísticas do jogo.

Mariele Ramos 02Agora, a equipe jogará a grande decisão do Campeonato Paranaense de Futebol Americano Feminino, o Araucária Bowl. A QB falou, então, sobre o que a classificação significou e como será a preparação para a grande decisão: “Esta classificação significou evolução, tanto pra mim quanto para o time. Ela provou que o trabalho que vem sendo realizado em treinos está sendo bem executado em campo. Com a classificação, seguimos treinando duro para corrigir as falhas dos jogos passados e para realizar uma boa partida em busca do título. A preparação agora vem sendo elaborada pelo nosso experiente elenco de coaches, com treinos cada vez mais intensos e específicos para a grande final que está por vir. De diferente na rotina… conta a ansiedade e a vontade de jogar que cresce a cada dia?”.

Cold Killers e Curitiba Silverhawks (campeãs em 2018) se enfrentarão no Araucária Bowl. A partida ainda não tem a data confirmada, mas deverá ocorrer no fim de semana dos dias 15 e 16 de junho.

(Fotos: Vinícius Basso / Futebol Americano Paranaense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s