MVP do ataque e do campeonato feminino, Ester Alencar avalia seu desempenho na competição

Voltando a comandar o ataque do Curitiba Silverhawks, a quarterback Ester Alencar levou, no último sábado, duas premiações durante o evento realizado pela Federação Paranaense de Futebol Americano (FPFA): MVP de ataque e MVP do campeonato, sendo a única, tanto no feminino quanto no masculino, a ser premiada em duas diferentes categorias.

_Ester Alencar_ para face

Relembre aqui os vencedores do prêmio de MVP da temporada.

No ano passado, pelo campeonato paranaense, a comandante do ataque do Silverhawks havia sido a #18 Amanda Boabaid, que também venceu o prêmio de MVP da competição. Boabaid seguiu na posição durante o campeonato brasileiro, nas duas primeiras rodadas, contra Spartans FA e Big Riders. Já na semifinal, novamente contra o Big Riders, desta vez no Rio de Janeiro, a camisa #18 foi para a posição de running back, enquanto Ester voltava a assumir o comando do ataque.

Para Ester, tanto o desempenho em campo quanto as premiações são resultados de muita preparação: “ano passado eu voltei a jogar como wide receiver e, depois, como segunda QB. Então, apenas nessa temporada eu estou realmente mais a frente do ataque, liderando a unidade. Além disso, foi uma experiência muito nova pra mim nesse primeiro semestre, eu ainda não tinha jogado tão entrosada com as meninas. Foi uma série de sentimentos novos, desde o pré-jogo até a partida em si”.

_Ester Alencar 03“Então eu acredito que o principal ponto disso tudo tenha a ver com compromisso e dedicação”, continuou a QB. “Passa muito por entender as meninas e estar conectada a elas. É mais do que conectar um passe ou fazer boas leituras. É um desafio muito grande ter que liderar, são pessoas muito diferentes e você precisa estar na mesma página que todas. Além disso, existe uma dedicação grande fora de campo, com uma preparação física muito intensa, o acompanhamento de fisioterapia quando necessário, acompanhamento com a nutróloga… tudo isso compõe o atleta de sucesso. É muito difícil chegar lá e jogar em alto nível só com os treinos em campo”.

Além de ter evoluído o jogo aéreo da equipe, tendo conectado quatro passes pra touchdown nas duas partidas, Ester tem ainda mais três TDs em corridas, uma delas de mais de 60 jardas (que concorreu para melhor jogada do campeonato), o que mostra a capacidade atlética da quarterback.

Quando se refere aos prêmios recebidos, Ester fala sobre ter se provado e ressalta o trabalho feito por todas da equipe. “É uma conquista gigantesca pra mim”, disse a QB. “É como se tivesse tirado dúvidas que eu tinha com relação a mim mesma. Eu sempre estudei muito e me dediquei ao time, mas, parecia que eu nunca conseguia capitalizar isso em campo. Quando fui indicada pras três categorias eu fiquei muito feliz, por meu trabalho e esforço ser reconhecido por quem está de fora também. Além disso, é um prêmio muito coletivo, pois a QB não faz nada sem as outras 10 em campo. Então, na verdade, eu ganhar este prêmio só mostra a qualidade do trabalho do nosso ataque em campo. Eu fico muito orgulhosa delas e de poder estar a frente do que a gente está conseguindo realizar em campo”.

Ester comandará o ataque do Curitiba Silverhawks mais uma vez neste campeonato paranaense, na decisão da competição, o Araucária Bowl, contra o Cold Killers FA. O evento acontecerá no Croco Stadium (Rua Suécia, 1045 – Tarumã, Curitiba/PR), neste sábado, a partir das 9h.

(Fotos: Vinícius Basso / Futebol Americano Paranaense)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s