Kickers paranaenses participam de training camp com Cairo Santos

O kicker Cairo Santos, representante brasileiro no Tampa Bay Buccaneers, na NFL, principal liga do esporte no mundo, promoveu no último final de semana um training camp, em São Paulo, com kickers de algumas equipes do futebol americano nacional. Representando o Paraná estiveram Adriano Fracaro e Abner Santos do Brown Spiders FA (kicker e punter, respectivamente) e Clayton Silva, kicker do Moon Howlers. E é claro que nós conversamos com eles, que nos falaram um pouco sobre o momento.

Marco Carmona 02

Segundo os participantes, o evento durou cerca de três horas e contou com treinos progressivos, sempre com as instruções passadas pelo Cairo. Primeiro, chutes de 10 jardas, com os atletas parados, sem pegar distância, com o objetivo de aprimorar a precisão. Ao final, houve uma competição entre os kickers, recuando cinco jardas em cada tentativa. Quem errasse duas vezes seguidas era eliminado.

Segundo Clayton Silva, kicker do Moon Howlers, a chance de conhecer um de seus ídolos foi algo inexplicável: “Foi uma experiência incrível participar deste camp. Foi a minha primeira vez que participo e poder aprender com ele, que se tornou meu ídolo desde que comecei a jogar futebol americano, foi uma sensação que não dá pra explicar. Poder conversar com ele, saber mais da história dele bem de perto é muito gratificante. Agradeço também ao challenge kickers por ter conseguido vivenciar essa experiência”.

Já para Abner, punter (que também já atuou como kicker) do Brown Spiders, a oportunidade foi única. Para o atleta, que é técnico do time de especialistas do Curitiba Silverhawks, o aprendizado foi gigantesco: “Primeiramente que estar próximo a um de seus ídolos na posição já é algo muito gratificante. Como foi um evento privado (em comparação aos outros camps), a atenção que ele pôde dar para todos os presentes foi o diferencial, buscando corrigir alguns vícios de mecânica e passando algumas dicas de coisas que ele procura mentalizar durante seus chutes. Com o ambiente aberto que ele nos proporcionou, sempre disposto a nos ajudar com dúvidas, eu, particularmente, acabei aproveitando para captar algumas dicas que permitem esse feedback de uma forma mais rápida. Também pude aprender drills de rotina que ele nos passou, sempre explicando tudo o que se deve ter atenção durante a execução”.

 

Para Adriano Fracaro, que possui sete anos de experiência no esporte, esse momento foi um divisor de águas em sua carreira. “Foi uma experiência incrível. O Cairo Santos foi muito solicito e falou sobre várias coisas, desde rotina de treinos, a experiência dele, as expectativas pra essa temporada e, naturalmente, técnicas de chute. Em todos esses sete anos de futebol americano, eu tive que aprender praticamente tudo por conta. Claro, tiveram muitas pessoas que me ajudaram nesse tempo todo, mas eu nunca tive um mentor, presente, que pudesse repassar técnicas com know how de ter atuado em uma liga de alto nível como a NFL”.

Fracaro continuou, falando que a experiência foi mais do que algo apenas a técnica de se chutar a bola: “O Cairo se dispôs a tornar melhor cada um dos kickers que conseguiu comparecer ao evento. Foi gigante em todos os aspectos, desde a simplicidade como falou com todos, até nas explicações minuciosas que dava. E a galera que lá estava certamente correspondeu. Cada um dos caras que esteve no camp teve que vencer sua própria batalha para estar presente. A galera precisou se virar com grana pra passagem, alimentação, hospedagem, conciliar o camp com agenda com a família, trabalho, treino com o time, unicamente no intuito de querer ser um atleta melhor. No final das contas, a bagagem que eu carrego desse Camp é algo que eu vou levar pra vida. Multiplicar todo o conhecimento técnico que pude agregar com o Cairo – porque talvez eu não consiga estar em campo por muito tempo, mas espero estar sempre ajudando futuros kickers fora dele, e acima de tudo, saber que toda vez que eu estiver em campo, alguém estará torcendo por mim, da mesma forma que eu estarei torcendo por eles”.

Tanto Clayton, pelo Moon Howlers, quanto Abner e Fracaro, pelo Brown Spiders, disputam neste segundo semestre a Liga BFA Acesso e se enfrentarão por duas vezes. Será a hora de vermos a técnica aprendida colocada em prática. Mas, certamente este já foi um evento que marcou a carreira destes atletas.

(Fotos: Fotógrafo Marcos Carmona)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s