HP vira no final e vence o Crocodiles na estreia da BFA Elite

O Paraná HP venceu o Coritiba Crocodiles por 14 a 13 nesta ensolarada tarde de domingo, no Croco Stadium, em Curitiba. A partida foi a estreia das duas equipes na Conferência Sul da BFA (Brasil Futebol Americano) Elite, a principal competição do país. O destaque da partida ficou por conta da defesa do HP, que conseguiu segurar o Croco em momentos chave do jogo. Pelo lado dos donos da casa, os erros de field goals e extra point podem ter custado a vitória.

Com a primeira posse, o Croco atravessou o campo com um passe para seu running back #17 Francelino “Guiné” Sanhá, que converteu uma terceira descida importante, numa jogada explosiva. Mas aí a defesa do HP apareceu e forçou a quarta descida para uma jarda, na linha de 29. O Croco optou pelo field goal, mas, o chute do kicker #6 Kevin Ramos não foi convertido.

Na sequência, logo no primeiro snap o HP conseguiu seu touchdown. O running back #28 Patrick Oliveira mostrou toda a sua explosão, que foi sua marca durante o paranaense deste ano, e contou com um belo trabalho dos bloqueios para correr 71 jardas praticamente sem ser tocado pelos defensores dos donos da casa. O extra point convertido pelo kicker #18 Lucas Vozniak deixava a partida em 7 a 0.

Já no segundo quarto, novos erros apareceriam em momentos chave no ataque do Croco. Logo após a equipe converter uma 4ª para duas jardas com o wide receiver #81 Pozzi, o quarterback #4 Ramon “Mamão” Martire lançou para o WR #89 Adan Rodriguez que agarrou a bola mas sofreu um fumble no tackle logo depois, perto de entrar na red zone, devolvendo a bola para o HP.

Porém, antes do jogo chegar ao intervalo, o Croco teve uma campanha bastante longa, contando com duas faltas de interferência no passe do HP, e chegou ao TD. Numa conexão de 23 jardas, Mamão lançou para o #89 Adan Rodriguez, que fez uma bela recepção já na end zone, garantindo os seis pontos. O XP convertido pelo #6 Kevin deixava a partida empatada.

Antes de chegar ao intervalo, deu tempo ainda para o HP cometer uma interceptação e o Croco um fumble, que deixou os visitantes já na linha de 30 jardas do campo de ataque. Mas aí, a tentativa de chute de 47 jardas de Vozniak foi pra fora, quando chegávamos ao final do primeiro tempo.

Na primeira campanha do segundo quarto, novamente o Croco teve a chance de um FG, mas, desta vez de 48 jardas e, novamente, o chute não foi convertido. Mesmo assim, a equipe conseguiu chegar o TD logo depois, aproveitando um erro no snap do punt, garantindo a posse já na linha de 15. Aí, numa conexão de 7 jardas, Mamão encontrou novamente o Adan que numa rápida rota slant agarrou a bola já entrando na end zone. O XP bloqueado (que custaria caro ao final da partida) colocava a vantagem para o Croco, 13 a 7.

Já no último período o ataque o HP finalmente entrou no jogo. Anteriormente, foram 9 campanhas, terminadas em um TD (na primeira do jogo), uma interceptação, um field goal não convertido, um turnover on downs e cinco 3 and outs.

Numa campanha bastante longa e basicamente aérea, que contou com duas conversões de terceira descida e duas de quarta descida, o quarterback #6 Mateus Rosa encontrou o WR #11 Juninho, que conseguiu uma boa separação do seu marcador numa rota corner e agarrou o passe já na end zone, empatando a partida. O XP convertido pelo #18 Vozniak dava a vantagem para os visitantes, 14 a 13, restando pouco mais de um minuto para o final.

Antes do jogo acabar, ainda teríamos mais emoção. A conexão Mamão > Adan funcionaria ainda mais uma vez, numa linda recepção do wide receiver, com o cronômetro quase estourando. Mas aí a equipe do Croco tentou iniciar a jogada rapidamente com um spike, com o objetivo de parar o relógio, mas, sem a autorização da arbitragem. Isso rendeu uma falta de “atraso de jogo”, o que tirou 10 segundos do relógio e acabou com a partida. Placar final, Coritiba Crocodiles 14 a 13 Paraná HP.

Na próxima rodada, o HP enfrenta o Santa Maria Soldiers no Rio Grande do Sul, no dia 4 de agosto, enquanto o Croco, no mesmo dia, encara o Istepôs Futebol Americano, em Santa Catarina.

Confira abaixo os responsáveis pelas pontuações na partida.

Coritiba Crocodiles:
#4 Ramon “Mamão” Martire (QB): dois passes para touchdown;
#89 Adan Rodriguez (WR): duas recepções para touchdown;
#6 Kevin (K): um extra point convertido.

Paraná HP:
#6 Mateus Rosa (QB): um passe para touchdown;
#11 Juninho (WR): uma recepção para touchdown;
#28 Patrick Oliveira (RB): uma corrida para touchdown;
#18 Lucas Vozniak (K): dois extra points convertidos.

(Fotos: Vinícius Basso / Futebol Americano Paranaense | Vídeo: Valdomiro Junior / Federação Paranaense de Futebol Americano)

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s