Juninho, WR do HP, fala sobre retorno aos gramados e TD decisivo em clássico

O wide receiver #11 Juninho foi fundamental para a vitória do Paraná HP sobre o Coritiba Crocodiles no último domingo, por 14 a 13. Além de ter recebido o passe para touchdown da vitória, já dentro do two-minute warning, o WR foi fundamental durante a campanha decisiva, com três recepções e uma conversão de terceira descida.

IMG_5312

Durante a partida Juninho foi o alvo favorito do quarterback #6 Mateus Rosa. Foram cinco recepções para 63 jardas (média de 12,6 por recepção), das 88 aéreas que a equipe teve na partida, e um touchdown. Além disso, todos os passes completos para mais de 10 jardas do Rosa foram destinados ao camisa #11 do ataque do HP. Voltando um pouco no tempo, no paranaense deste ano, lembraremos que ele era um dos alvos favoritos também do QB #12 Buti, com duas recepções para TD (líder da equipe nesta estatística, ao lado do Patrick Oliveira).

Mas, para o atleta, a disputa de um campeonato nacional tem um gostinho diferente quando comparamos com o estadual: “Jogar o nacional é um sentimento diferente. As grandes equipes estão aqui, todo jogo sabemos que é uma final de campeonato, então a dedicação de toda a equipe e muito maior, principalmente por que lutamos por um título inédito”.

Juninho entrou para o Hurricanes em 2010 e começou a jogar pelo HP em junho de 2014. Disputou as finais do paranaense de 2015 e 2016, conquistando um título. Mas, em 2017 algumas lesões o fizeram se afastar dos gramados, o que, combinado a outros compromissos pessoais, o forçou a ficar sem jogar até o início de 2019.

E, logo no primeiro jogo em competições nacionais, o atleta foi protagonista num clássico bastante importante, na partida de abertura da BFA. Para ele, isso é algo especial: “Fazer um TD é sempre algo muito especial, mas contra o Croco, que sempre foi o time ser batido aqui no Paraná, é muito mais. Jogos contra eles são sempre muitos difíceis e este não seria diferente. Nossa defesa como sempre jogou o seu melhor e nosso ataque soube encontrar o caminho para virar o jogo”.

Reveja aqui tudo sobre a vitória, com vídeo do touchdown de Juninho.

As duas fotos acima mostram uma curiosidade e coincidência de dois lances, num espaço de tempo de 7 anos: a mesma comemoração. À esquerda, em 2012, em touchdown anotado contra Croco; à direita, agora, em 2019, na recepção que deu a vitória para a equipe.

Juninho e o HP voltam a campo no dia 4 de agosto, quando viajarão para o Rio Grande do Sul para enfrentar o Santa Maria Soldiers.

(Fotos: Vinícius Basso / Futebol Americano Paranaense | Fotógrafa Pâmela Schlenker)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s