Silverhawks vence Spartans com tranquilidade e começa bem a Liga BFA Feminino

O Curitiba Silverhawks venceu o Spartans Football por 39 a 0 na manhã deste domingo, em São Paulo, na estreia da equipe na Liga BFA Feminino. As curitibanas mostraram uma atuação bastante madura, tanto na defesa quanto no ataque, e começaram a competição nacional com o pé direito.

No primeiro quarto o Silverhawks abriu o placar em corrida da running back #1 Kaê, sem conversão de extra point. Ainda no primeiro período deu tempo para a equipe ampliar o placar, desta vez em passe da quarterback #12 Ester Alencar para a wide receiver #85 Jamille Pallu. A conversão de dois pontos mal sucedida deixava o jogo em 12 a 0, quando chegávamos ao final do primeiro quarto.

No segundo período, novamente o jogo terrestre das curitibanas apareceu, desta vez com a RB #19 Maria Gabriela Scherner, novamente sem conversão de dois pontos. Antes do jogo ir para o intervalo foi a vez da defesa da equipe pontuar, com a #28 Pri pegando uma interceptação e levando até a end zone, garantindo a pick six. Sem conversão de dois pontos, o jogo chegava ao intervalo em 24 a 0.

Na volta do intervalo a equipe voltou a pontuar, novamente com a defesa, desta vez com a defensive end #96 Marina Holdschip derrubando a QB dentro da end zone, garantindo o safety. Ainda no terceiro período, a Ester Alencar encontrou a WR #13 Suzane Lustosa, que anotou o TD. O XP convertido desta vez pela #73 Jô Bertoja levava a partida para os 12 minutos finais em 33 a 0.

No período final, novamente a RB #1 Kaê chegou na end zone, fechando a partida. Placar final, Spartans Football 0 a 39 Curitiba Silverhawks.

Confira abaixo as responsáveis pelas pontuações da partida:

#12 Ester Alencar (QB): dois passes para touchdown;

#13 Suzane Lustosa (WR): uma recepção para touchdown;

#85 Jamille Pallu (WR): uma recepção para touchdown;

#1 Kaê (RB): duas corridas para touchdown;

#19 Maria Gabriela Scherner (RB): uma corrida para touchdown;

#28 Pri (CB): uma interceptação retornada para touchdown (pick six);

#96 Marina Holdschip (DE): um safety forçado;

#73 Jô Bertoja (K): um extra point convertido.

(Foto: Leonardo Siqueira)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s