Crocodiles vence Brown Spiders e Paraná HP na primeira noite do Torneio sub-20 em Curitiba

O Coritiba Crocodiles começou o torneio sub-20 com o pé direito e mesmo jogando duas partidas seguidas (!), o time saiu com a vitória nos dois confrontos. Primeiro, na partida iniciada às 18h30, o Crocodiles venceu o Brown Spiders por 23 a 12; depois, no jogo que teve início em torno das 22h, Croco e Paraná HP fizeram uma partida extremamente emocionante, com a vitória ficando por apenas um ponto, 21 a 20.

Coritiba Crocodiles 23 a 12 Brown Spiders Football School

Logo na primeira campanha ofensiva o Crocodiles conseguiu sua primeira pontuação. Contando com duas faltas de interferência de passe, uma numa 3ª para 10 jardas, o time chegou ao touchdown numa corrida do running back #34 Pedro Bulotas. O extra point convertido pelo kicker #7 Henrique Gobbo deixava o jogo em 7 a 0.

Mas, na campanha seguinte o Brown Spiders conseguiria seu touchdown. A equipe contaria também com uma falta do Crocodiles, de investida ao chutador, para manter o ataque em campo. Ao final, o quarterback #10 Gabriel Apetz encontrou um bonito passe para o #47 Guilherme Morello, que agarrou a bola e entrou na end zone. Porém, o XP não foi convertido, mantendo o placar vantagem para o Croco, 7 a 6.

Já no segundo período, apenas uma pontuação defensiva movimentaria o placar. O ataque do Croco chegou a ficar na linha de duas jardas, na porta da end zone para pontuar, mas um fumble tirou o ataque de campo. Do outro lado, o ataque do BS pegou a bola com as costas na parede, o que não deu certo. O running back #23 Taylon foi derrubado dentro da end zone, resultando num safety para o Coritiba. Assim, o jogo ia em 9 a 6 para o intervalo.

No terceiro quarto, dois touchdowns dariam mais tranquilidade para o Croco, que ficou com uma vantagem de três posses de bola. Primeiro, o RB #29 Eduardo “piu piu” Lopes, que já atuou pelo time adulto nessa temporada, anotou seu TD, com XP bem sucedido com o K #7 Gobbo. Na sequência a defesa do Croco forçou um 3 and out do BS e, no punt, o chute foi bloqueado. Aí, o #56 Rafael Neves recuperou a bola já dentro da end zone, para garantir mais um TD. O XP novamente convertido pelo Gobbo deixaria o jogo em 23 a 6, quando chegávamos aos 12 minutos finais.

Já dentro no two-minute warning, o Brown Spiders conseguiu uma importante campanha ofensiva e, ao final, conseguiu seu segundo touchdown, em passe do #5 Pedro Soares para o running back #23 Taylon. O XP novamente não convertido dava números finais à partida: Coritiba Crocodiles 23 a 12 Brown Spiders.

Confira abaixo os responsáveis pelas pontuações de cada time.

Coritiba Crocodiles:
#34 Bulotas (RB): uma corrida para touchdown;
#29 Piu Piu (RB): uma corrida para touchdown;
#56 Rafael Neves (LB): um fumble retornado para touchdown;
#7 Henrique Gobbo (K): três extra points convertidos.

Brown Spiders FA:
#10 Gabriel Apetz (QB): um passe para touchdown;
#5 Pedro Soares (QB): um passe para touchdown;
#47 Guilherme Morello (RB): uma recepção para touchdown;
#23 Taylon (WR): uma recepção para touchdown.

Coritiba Crocodiles 21 a 20 Paraná HP

Pouco mais de meia-hora após a primeira partida, o Crocodiles estava em campo novamente, desta vez para enfrentar a base do Paraná HP. E o jogo começou bom para o time que estava com as pernas descansadas. Numa linda trick play, o wide receiver #82 Antony Willian encontrou o também WR #85 Johan Lundgren, que agarrou o passe já com boa separação do marcador e correu direto para o touchdown. O extra point não convertido pelo kicker #7 Nathan Vieira deixava o jogo em 6 a 0, logo na primeira campanha da partida.

Mas, ainda no primeiro quarto, o Crocodiles conseguiria virar a partida. Numa campanha que contou com uma linda corrida do RB #29 Piu piu, o time chegou ao TD também com o jogo terrestre, com o running back #56 Neves garantindo a pontuação, em corrida de 1 jarda. O XP convertido pelo #7 Gobbo deixava o jogo em 7 a 6.

Já no início do segundo quarto, novamente o HP ficaria a frente do placar. O quarterback #11 Cassiano Farinha correria 14 jardas direto pra end zone, para virar o jogo. A conversão de dois pontos mal sucedida deixava a partida em 12 a 7. Antes do intervalo, daria tempo para mais uma pontuação do HP, em corrida de 11 jardas do #82 Tony que atuava também como QB na partida. O XP bloqueado deixava o jogo em 18 a 7, quando chegávamos ao intervalo.

Numa campanha que começou na linha de 4 jardas do campo de defesa, após interceptação do #41 Henrique Lamers, o Croco conseguiria se aproximar do placar. O RB #34 Bulotas anotou novo TD, em corrida de 28 jardas até a end zone. A conversão de dois pontos mal sucedida mantinha o placar em 18 a 13. Aí foi a vez da defesa do HP aparecer e forçar um safety, com o linebacker #53 Rafael Ferrarini derrubando o Piu Piu na end zone, colocando a vantagem em um touchdown de diferença, 20 a 13, chegando ao final do terceiro período.

Mas, nos 12 minutos finais, após jogar 7 períodos seguidos, o Crocodiles conseguiria ainda a virada. Numa campanha de quase quatro minutos e 71 jardas, o quarterback #5 Andrew Costa encontraria um bonito passe para o wide receiver #1 Leonardo Gobbo, que recebeu a bola e entrou na end zone, garantindo o TD. Sem querer saber de empate e prorrogação, o Croco tentou a conversão de dois pontos e foi bem sucedido, com o running back #56 Rafael Neves correndo para a end zone. Assim, o placar ficava em 21 a 20.

O ataque do HP teve sua última chance de pontuar mas, numa tentativa de 4ª para 7 jardas, o QB #11 Cassiano sofreu um sack, do defensive end #14 Gabriel Godinho. Assim, a partida chegava ao final.

Confira abaixo os responsáveis pelas pontuações da partida.

Paraná HP:
#82 Antony Willian (QB / WR): um passe para touchdown; uma corrida para touchdown;
#11 Cassiano Farinha (QB): uma corrida para touchdown;
#85 Johan Lundgren (WR): uma recepção para touchdown;
#53 Rafael Ferrarini (LB): um safety forçado.

Coritiba Crocodiles:
#5 Andrew Costa (QB): um passe para touchdown;
#1 Leonardo Gobbo (WR): uma recepção para touchdown;
#56 Rafael Neves (LB/RB): uma corrida para touchdown; uma corrida para conversão de dois pontos;
#34 Pedro Bulotas (RB): uma corrida para touchdown;
#7 Henrique Gobbo (K): um extra point convertido.

(Fotos: Vinícius Basso / Futebol Americano Paranaense)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s